segunda-feira, 11 de junho de 2007

versalena

A saudade é um refrão
que a vida canta
pelo bem
abduzido
a contratempo,
ciciando dor pela memória
da última silhueta
que reverbera na janela.

(João P. Guedes).

2 comentários:

diga é você? disse...

a saudade é matadeira ...

estou por aki dom!
um grande beijo

;*

Brandão disse...

Que poema incrível!
Sinto o refrão da saudade reverberar na janela de minha memória. Exatamente isso!