sexta-feira, 8 de julho de 2011

Entre o bem e o mal pulsa a humanidade.
Ninguém extrapola esses limites,
nem mesmo a presunção científica
da neutralidade axiológica.

[j. guedes]

6 comentários:

Julio Seidenthal disse...

Concordo, mas ainda assim, não seria presunção buscar a ciência de tua ciência num belo pulsar. rsrsrs

Danilo Soares disse...

Interessante, mas você usa essa "constatação" p/ o bem ou para o mal?

Nataly disse...

Achei muito linear esse pensamento.

Anônimo disse...

Uma verdade. Precisa-se de ousadia.

Marcelo Santana disse...

Sensacional!!

Ludmilla Mattos Pinheiro de Souza disse...

VOCÊ ME ENCONTRA AQUI.
fadamilla.blogspot.com

BEIJOS.