domingo, 16 de maio de 2010

tudo na mesma ordem se repete

Pedregulho lamaceiro ribanceira
avalanche enxurrada terremoto
recessão represália carestia
atentado ultimato sabotagem
profissão passatempo moradia
contrabando emboscada cabotagem
propaganda internet consumismo
artepop tropicália woodstock
vaticano casabranca redeglobo
zelimeira chicoscience bobdylan
balaquente entrevero guerrafria
ditadura liberdade anistia
hepatites diabetes bulimia
clonagem erotismo vilania
política história economia

cada espécie nesse limbo se reverte
à mesma ordem que sempre se repete.

[j. guedes]

9 comentários:

spag disse...

.inteligente.

Jorge Damasco disse...

tudo na mesma ordem se repete
mas ñ necessariamente nessa ordem.

P.S.: gostei muito de
"vaticano casabranca redeglobo" como se tivesse identificando os responsaveis pela difusao ("propaganda internet consumismo") da "artepop tropicália woodstock". Ficou genial os versos na sequencia. Parece que de um verso para outro há um corte profundo, porém, tudo pertence ao grito da "ordem" do dia, dos problemas ambientais ao consumo desregrado, causando doenças, modas e brigas pelo poder. ENfim, como resume no final: espécies da "política história economia".

É isso, J. Guedes.

joao p. guedes disse...

Prezado Jorge, grato por verter um comentário. Respeito sua visão. Mas, entendo de outra forma. Normal. Aliás, a poesia se ocupa dessa graça, de gerar ou suscitar efeito de um prisma, de desmembrar matizes de luz na vastidão do campo cognitivo. Particularmente, eu gostei muito do termo "corte profundo". Se forçar a conotação, podemos, com ela, subverter a repetição ou cercear a subversão potencial. Depende de como queira desferir.

Att.,

joão guedes.

joao p. guedes disse...

Inteligente não, Spag. Esforçado (*de barriga cheia fico modesto).

>(((,º> Oº°

Katia Spagnol disse...

"inteligente esforçado modesto"

tudo nesta ordem se repete.

>(((,º> Oº°°°o <º,)))<

\o/

Ana Cardoso disse...

Muito legal, Joãozinho!
Cada vez melhor!

Bjaum!

Anônimo disse...

bala, man!

selma l. almeida disse...

:: qual o genero de cada verso? ::

Julio Seidenthal disse...

Troca-se o laço,mas o laço tem na ordem,hierarquias repetidas, repete-se o laço, repete-se a ordem, repete-se o homem.