quarta-feira, 25 de julho de 2007

cabaré internacional

Brasil, não me leve a mal
Mas você se prostituiu
E sua função hoje é servil,
De cabaré internacional.

Pátria amada e gentil
Engendrou o carnaval
Jogou fora o fuzil
P’ra pegar no berimbau.

Suas mulheres, que legal,
São atrativos adorados
P’r’o turismo sexual
De estrangeiros ressecados!

Sua imagem pelo mundo
Divulgada com maestria
É de um bumbum roliprofundo,
Próprio para a sodomia.

Entrou na globalização
Promovendo diversão
Tem roupa suja na pia
Mas vai cuidar da putaria.

(João P. Guedes). Salvador-BA, 15-04-2007

2 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do veio poético que lembra cordel. Mas,esse seu valor puritano é ultrapassado para os dias de hoje. A sacanagem deve ser liberada, tanto no Brasil como no exterior. Aliás, que culpa têm as mulheres brasileiras por serem mais gostosas que as outras?

Se o Brasil não fosse esse cabaré que você aponta, o mundo se tornaria povoado de beatos e mal-amados. Felizmente, o Brasil foi eleito a ser o puteiro do planeta.

É isso, use camisinha!

Camiseta Personalizada disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.